segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Bar do Saulo – Campinas


Quando recebi um e-mail de uma leitora me falando sobre o Bar do Saulo, fiquei coçando de vontade de ir. Mas ai o bar passou por uma reforma e achei melhor esperar a conclusão para visitá-lo.
Nesse meio tempo, comecei a receber e-mails de diversos leitores, como da Tata Rachel, Humberto Lopes, Danny Trani e de muitos outros que não se identificaram.
Sinal que estava mais do que na hora de conhecer o tal boteco tão cheio de fãs. Assim, em uma sexta-feira, parti para a missão.

Cerveja sempre gelada
Aberto desde 1.959 e na época chamado de Mercearia Califórnia, o local possuía de tudo um pouco em suas prateleiras. Com o falecimento de seu pai, Saulo assumiu o comando juntamente com sua mãe e em 1.976 passou a ter características de bar.
Por ironia do destino, o bar está localizado na avenida Guarani, o que acaba atraindo muitos bugrinos, mas o dono é pontepretano.


Tabuletas típicas de boteco

Saulo é uma figura muito carismática e um tanto tímido. Fica a maior parte do tempo em seu cantinho, onde prepara os lanches com a tranquilidade de quem conhece a arte.
O bar é simples e pequeno, porém muito acolhedor.
O ambiente é familiar e bem decorado, com toalhas coloridas nas mesas, plantas bem cuidadas, tabuletas com descrição de petiscos, quadros e propagandas de bebidas. 

Petisco perfeito: Amendoim com Alho

Prateleiras com diversas garrafas e objetos curiosos, também fazem parte da decoração,  sendo uma delas composta exclusivamente por latinhas de Coca-Cola com nomes.
As mesas são distribuídas no salão e na calçada, e há ainda a parte interna, onde ficam o balcão e suas as banquetas. Tudo muito colorido.


Bichão, Michelle e Saulo

Fomos recepcionados pelo Lauri, conhecido por todos como Bichão. Amigo do Saulo, dá uma ajuda no bar atendendo as mesas com alegria, passando a impressão de ser um velho conhecido. Uma figura. Outra figura sempre presente no bar é o Xandão, que dá uma mão no atendimento e faz aquela social com os clientes.
O cardápio é enxuto e de babar. Lanches, salgados e porções, além de alguns petiscos divulgados nas tabuletas.

Carro-Chefe da Casa: Lanche de Costela com Alcaparras

Dicas da Mi:
  • Croquete Cremoso
  • Coxinha de Frango com Catupiry
  • Coxinha de Carne com Ovo Cozido
  • Lanche de Costela com Alcaparras (costela na chapa, queijo, vinagrete e alcaparras)
  • Especial do Saulão (filé mignon, provolone, muçarela, gorgonzola, azeitona chilena, rúcula e vinagrete)
  • Especial do Xandão (salame italiano na chapa, provolone, muçarela, gorgonzola e vinagrete)
  • Lanche de Linguiça Caseira (linguiça caseira, queijo e vinagrete)

Delicioso Lanche de Linguiça Caseira

Para falar a verdade, não sei nem por onde começar a descrever para vocês as delícias que provei no Bar do Saulo, pois a cada pedido, era surpreendida por sabores maravilhosos e combinações perfeitas.


Croquete Cremoso: SENSACIONAL

O croquete cremoso é daqueles que deixam o gostinho de quero mais (e mais, e mais). Os lanches são divinos, super recheados e as coxinhas, preparadas com massa de batata, são leves e muito bem recheadas. Tudo feito no maior capricho.

Coxinha & Croquete: Dupla Imbatível
Tive o prazer de conhecer a Michelle, filha do Saulo, responsável pela produção dos salgados. Ela me contou que o croquete cremoso na verdade foi uma receita que deu errado. Imaginem só se tivesse dado certo. A Michelle tem mãos de fada e virei fã dos seus salgados.


Produtos de mercearia, para não fugir das raízes

Para beber, cerveja mais que gelada, sendo Brahma, Skol, Itaipava, Serra Malte, Original e a artesanal Dama. Para os que não dispensam uma cachaça, o bar trabalha com ótimas marcas.
Com todas essas delícias, vejo logo logo o bar participando do próximo Comida di Buteco e tenho certeza que será um forte concorrente. Aliás, já fiz minha indicação no site do concurso.


Saulo e sua chapa!!!

Vou deixar aqui apenas uma sugestão. Já que existe o Lanche do Saulão e do Xandão, que tal colocar no cardápio o Lanche do Bichão e o Lanche da Michelle???? Ah, eles merecem né?
E esse é o Bar do Saulo, um bar que veio cheio de boas recomendações e que vale muito a pena ser visitado, pois é repleto de boa energia, de gente bacana e principalmente, cheio de VIDA!
PARABÉNS, conquistaram facilmente mais uma fã.


Bar do Saulo - $
Av. Guarani, n° 345 – Jardim Proença
Campinas – SP
Tel (19) 3325-5860 e 99719-1953



sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Bar do Jorge 1 – Santos


Há tempos queria conhecer o Bar do Jorge, até que com a sugestão e companhia  da amiga Carolina, acabamos encostando por lá.
Eleito pela Veja Comer & Beber 2012, como o melhor boteco do litoral, o Bar do Jorge possui duas unidades na cidade, sendo as duas no mesmo bairro.
O proprietário Jorge, é irmão do Antonio, proprietário do Bar do Toninho, que tanto  adoro e faço questão de ir sempre que estou em Santos. Um irmão é o Rei do Frango a Passarinho e o outro, o Rei do Bolinho de Bacalhau. Assim, fica fácil entender tamanho sucesso, uma vez que a boemia está no sangue da família. Numa dessa, quem ganha são os clientes, que podem desfrutar dos botecos que entendem do riscado.

Salgados Diversos

O botecão é do jeito que eu gosto, localizado em uma esquina, com mesinhas na calçada e cheio de gente alegre.
O ambiente interno é composto por várias mesinhas, um balcão com os tradicionais salgados de estufa e uma grande churrasqueira, que segundo o garçom, funciona todo dia e toda hora.
O carro-chefe da casa não poderia ser outro, pois ali a majestade é o frango a passarinho. O cardápio possui outras ótimas opções não menos interessantes de petiscos, como pastéis, salgados, espetinhos, porções, lanches e o famoso churrasco.

Queijo Coalho Torradinho

Dicas da Mi:
  • Frango a Passarinho com Fritas
  • Pastel de Carne
  • Espetinho de Queijo Coalho
  • Maravilha

Super Frango a Passarinho com Fritas

Lógico que pedimos a tradicional porção de frango a passarinho com fritas e quando ela chegou, o comentário foi geral: “que gigante!!!”. Além de bem servida, é bem apresentada, cheirosa e extremamente bem temperada. Fez um sucesso tremendo e realmente faz jus à sua fama.
O sabor do frango é delicioso, além de ser sequinho e crocante. As batatas, lembraram as que minha Vó Antonia fazia, cortadas em pedaços grandes e fritas no ponto, bem caseirinha.

Pastel de Carne

Ainda sim, tivemos fôlego para provar os pastéis e o espetinho de queijo coalho, tudo muito gostoso.
Para acompanhar essa comilança, nada melhor do que várias, mas váaaarias Brahmas, que estavam extremamente geladas.

Churrasqueira

O atendimento é outro ponto forte do bar, pois mesmo com a casa cheia, fomos bem muito atendidos, e nada nos faltou em nenhum momento.
Passamos boas horas divertidas e sustanciosas no Bar do Jorge, que com certeza é ponto obrigatório para santistas e turistas.
Agora quero conhecer o Bar do Jorge 2.



Bar do Jorge 1 - $$
Rua Ministro João Mendes, nº 118 – Embaré
Santos – SP
Tel (13) 3272-5671
www.bardojorgesantos.com.br

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Bar 1º de Abril – Campinas


O Bar 1º de Abril começou suas atividades como mercearia em 1964 e em 1976, sob o comando do famoso Fernandão, passou a ter características de bar.
Considerado um dos botecos mais tradicionais da cidade, está localizado na esquina mais agitada do bairro Castelo, em frente a uma gostosa e também movimentada praça.


Seu Fernando e suas preciosidades

O bar inicia suas atividades às 7:00 da manhã e acreditem, sempre tem uma mesa com alguém bebendo uma cerveja e comendo um petisco.
Sempre lotado, como todo e bom boteco, possui um belo balcão, mesas no ambiente interno e as mais concorridas mesas na calçada. Há também uma famosa mesa de sinuca e de carteado. Para aqueles que preferem beber em pé, existe uma mureta em torno do bar com suas disputadas banquetas. 

O Velho e o Novo Cardápio

Até pouco tempo, não existia cardápio. Ou você perguntava para o garçom que disparava a falar todas as opções ou lia uma tabuleta com sugestões de petiscos. Das últimas vezes que fui ao 1° de Abril, notei a presença do cardápio.
Os petiscos da casa são muito famosos e saborosos.

Famosa Porpeta

A estufa vive repleta de salgados fresquinhos e variados, como pastel, sardinha empanada, empada e o tradicional torresmo.
Entre os mais pedidos, estão o lanche de pernil, o lanche de calabresa, o caldinho de mocotó e a porpeta frita, que concorreu no 1º Comida di Buteco.


Lanche de Pernil

Dicas da Mi:
  • Torresmo (unidade)
  • Lanche de Pernil (pernil, tomate, cebola e queijo)
  • Lanche de Calabresa (calabresa, tomate, cebola e queijo)
  • Pastel de Bacalhau
  • Porpeta
  • Chuleta

Lanche de Calabresa

A cerveja é sempre servida estupidamente gelada, e para quem não sabe, o bar trabalha com um considerável número de marcas. Também é só perguntar. As caipirinhas preparadas pelo Fernandão são um caso a parte, pois é a especialidade da casa.
Cachaça também é outro forte do bar, com diversos rótulos para todos os gostos.

Clássicos da Casa: Torresmo e Pernil

O atendimento é feito na medida do possível, pois não há garçons suficientes para tamanho movimento, mas também já aumentou bem o número deles. Mas não custa dar aquela insistida e ter um pouco de paciência, pois esse é o estilo do bar.
Falando em movimento, seu pico é diariamente no final de tarde, e aos sábados por todo período.
Casa de Pontepretanos, em dias de jogo é praticamente impossível passar pela rua.

PF: Salada de Entrada

O 1° de Abril, também é referência quando o assunto é almoço, pois os PFs servidos por lá fazem sucesso. São várias opções, que variam diariamente. Entre os pratos mais famosos estão a feijoada, bacalhau e a chuleta de boi.


PF: Feijão e Arroz

PF: Chuleta, Ovo Frito e Purê

Inclusive almocei por lá dia desses e pedi uma chuleta, que praticamente não cabia no prato. De entrada foi servida uma salada bem caprichada, com alface, tomate, cebola, cenoura e beterraba. A chuleta estava simplesmente deliciosa, e veio acompanhada de ovo frito e purê de batata. Em um prato a parte, foi servido feijão e arroz. A comida é caseira e de primeira, como tudo servido por lá. 
Para a mulherada que assim como eu gosta de frequentar boteco, fica o aviso que o público é em sua maioria masculino, mas que o feminino vem marcando presença constantemente.


Bar 1º de Abril  -  $$
Rua Dr. Miguel Penteado, nº 440 – Castelo
Campinas – SP
Tel (19) 3241-9016

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Restaurante Pucci – Monte Verde


O Restaurante Pucci está muito bem localizado na principal avenida da graciosa Monte Verde, também conhecida como a Suiça Mineira.
Com atividades iniciadas no ano de 1.979, o restaurante possui uma fachada que lembra um chalé, todo de madeira e com grandes janelas.


Balcão e Adega

A entrada do restaurante é feita pela lateral da casa, onde há um deck com umas três mesinhas ao ar livre. Durante o dia essas mesas são bem procuradas, mas como fui para o jantar e fazia 5°, com certeza o local mais adequado seria o interno.
Ao entrar, é impossível não sentir todo o romantismo no ar. Um bar com um lindo balcão e uma adega compõem o primeiro ambiente. Gentilmente os garçons direcionam o cliente para a sala com as mesas.


Lareira

O local é pequeno, refinado e muito aconchegante, com no máximo dez mesas. Cortininhas brancas nas janelas, velas em todas as mesas, lareira aquecendo o local, são perfeitos para casais apaixonados.


Detalhes delicados

O cardápio é bem diversificado, que vai da tradicional comida mineira, como a carne de porco e o tutu, às comidas típicas da região, que são as trutas, criadas no próprio restaurante e o fondue, que leva a fama de ser o melhor da região. Vale destacar também as panhotas, que são as deliciosas sopas servidas no pão italiano. Simplesmente imperdível.



Truta Maccherone, ao molho de agrião


Spaguetti alho e óleo de acompanhamento

Dicas da Mi:
  • Truta Maccherone (truta assada ao molho de agrião, servida com spaguetti alho e óleo)
  • Filet a Mineira (filet mignon ao ponto, tutu, couve, arroz, vinagrete e farofa)
  • Strogonoff de Carne (filet mignon ao creme de leite, servido com arroz e fritas)
  • Sabor e Arte das Fondues (tradicional sequência de sabores)
  • Panhota de Palmito
  • Panhota de Mandioquinha com Carne Seca

Strogonoff de Carne

A apresentação das mesas é impecável, cheia de detalhes, a começar pelo prendedor do guardanapo.
Por tradição, a casa oferece de entrada aos clientes, um atraente couvert no almoço e uma deliciosa sopa no jantar. Os sabores mudam diariamente, e pudemos experimentar a sopa de mandioca, que estava divina, com pedacinhos de bacon.


Sopa de Mandioca

Os pratos não demoraram a chegar e estavam muito bonitos e bem servidos, e sobretudo deliciosos.
Para acompanhar, seguimos a sugestão da casa e optamos pela Paulistânia Pale Lager, uma cerveja artesanal Premium, produzida em Candido Mota, São Paulo.
A casa possui uma carta admirável de vinhos, os quais harmonizam muito bem com os pratos preparados por lá.


Paulistânia geladinha

Entre tantas coisas maravilhosas que vivenciei no Restaurante Pucci, uma que merece total mérito foi o atendimento, realizado por uma equipe de garçons altamente treinados, educados e extremamente simpáticos.
O Restaurante Pucci é referência em qualidade e tradição, ideal para passar momentos prazerosos e especiais.




Restaurante Pucci - $$$
Av. Monte Verde, n° 1.117
Monte Verde – MG
Tel (35) 3438-1193
www.pucci.tur.br

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Light Sushi – Campinas


Se tem um cantinho especializado em cozinha oriental que eu adoro, esse lugar é o Light Sushi.
Tradicional na cidade, o restaurante foi aberto em 1.997 e está localizado em uma tranquila rua do Cambuí.
Sua fachada é um charme, toda em madeira, com luminárias, lindas norens (cortininhas orientais) e muitas plantas.

Wraps deliciosos

O restaurante é extremamente aconchegante. Com luz baixa e música em volume agradável, possui mesas distribuídas em dois pequenos ambientes, sendo um salão interno bem decorado, onde se localiza o balcão dos sushimans e uma área ao ar livre com lindas plantas.

Shimeji

O cardápio é composto por entradas, saladas, sushis, sashimis, temakis, combinados, pratos quentes como yakisoba, frango xadrez, yakibifun, além de saborosas sobremesas.
O Light Sushi é uma das poucas casas japonesas da cidade que não trabalha com rodízio, porém possui uma opção no cardápio, chamada de Motivo, a qual possui quatro tipos. O meu preferido é o Motivo 3.

Niguiris, Sashimis e Gunkamakis do Motivo 3

Dicas da Mi:
  • Shimeji (refogado na manteiga)
  • Porção de Guioza (6 unidades)
  • Camarão Empanado (4 unidades)
  • Yakisoba Tradicional (carne, frango e legumes)
  • Combinado Salmão (4 niguiris, 4 sakemaki, 10 sashimis)
  • Combinado 2 (10 niguiris: atum, salmão, peixe da estação, kani kama e camarão, 8 hossomakis, 4 uramaki Califórnia, 01 stik de kani kama e 15 sashimis: atum, peixe da estação e salmão)
  • Motivo 3 (2 shimejis, 4 tempurás de camarão, 2 ceviches, 5 niguiris, 9 sashimis, 2 gunkamakis e 8 wraps. Serve duas pessoas)
  • Ice Tempurá

Tempurás de Camarão

Os pratos são deliciosos e especialmente o Motivo, serve muito bem duas pessoas e é bem diversificado.
A qualidade dos peixes é incontestável e a forma de preparo é primorosa.

Ceviche dos deuses

Os garçons são atenciosos e os pedidos não demoram a chegar.
Gosto também de uma sobremesa que só comi por lá, o Ice Tempurá, um sorvete de creme empanado, muito saboroso.
Para beber, refrigerantes, sucos, cervejas, saquerinhas e bebidas orientais, como Sapporo e Kirin.

Diferente sobremesa: Ice Tempurá

No horário do almoço, são servidas algumas opções no bento box (bandeja oriental com repartições) com preços bem acessíveis.


Sushimans

A casa também sempre oferece algumas promoções, descritas no cardápio.
O Light Sushi é na minha opinião, um dos mais agradáveis restaurantes da culinária japonesa.


Light Sushi - $$
Rua José Guatemozin Nogueira, n° 40 – Cambuí
Campinas – SP
Tel (19) 3294-6761
www.lightsushi.com.br

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Restaurante & Pesqueiro Santo Antônio – Paulínia



De propriedade do Sr. Totomu Hayashi, o pesqueiro Santo Antônio iniciou suas atividades em 1.997.
Logo em sua entrada, um lindo portal japonês atrai os mais atentos e curiosos.
Sempre que passava pela frente do pesqueiro, sua beleza me chamava a atenção. Finalmente em um sábado ensolarado, resolvemos parar para conhecer o local e ficamos surpresos.



Salada Completa

Com vista para um lindo lago e com uma excelente estrutura, o restaurante estava repleto, tanto que havia apenas uma mesa disponível, a qual sentamos imediatamente.
O cardápio é daqueles tentadores, deixando a gente em dúvida quanto ao que pedir. Porções, pratos orientais, saladas, massas, carnes, peixes, tudo bem variado, muito apetitoso e servido para uma ou duas pessoas.

Sashimi de Tilápia


Dicas da Mi:

  • Salada Completa (alface, tomate, cebola, palmito, ervilha, azeitona, presunto e queijo)
  • Filé de Tilápia ao Molho de Camarão (filé de tilápia empanado, com molho de tomate, cebola, alho, salsinha, pimentão e camarão. Acompanha arroz e batata souté)
  • Filé Mignon a Cavalo (acompanha arroz, ovo frito e batata frita)
  • Tepan de Carne (filé mignon, legumes e verduras na chapa, molho shoyo, sake e especiarias)
  • Sashimi de Tilápia
  • Isca de Tilápia
  • Manjuba Frita


Isca de Tilápia dos Deuses



Notei que a porção de maior saída era a isca de tilápia, e esse foi um dos nossos pedidos.
A porção chegou rapidinho à mesa. Super bem servida, sequinha e saborosa por demais da conta. Os pratos também são bem servidos e gostosos. Para quem gosta de pimentas, o pesqueiro possui uma boa variedade delas e o cliente pode se servir à vontade.

Pimentinhas da casa

Para acompanhar, nada melhor que uma cerveja bem gelada, como a que foi servida por lá e também a caipirinha, preparada no capricho.
O atendimento é feito por uma equipe de meninas, rápidas, educadas e eficientes.

Muito boa a caipirinha

Após o almoço, o é gostoso dar uma passeada pela área do pesqueiro. Para quem arrisca a pescaria esportiva, é só se informar na recepção, pois são cinco lagos, sendo quatro retangulares e um principal bem grande e redondo, com uma ilha ao centro, cercado por quiosques com coberturas de sapê em sua volta. 

Lago principal, lindo!

A variedade de peixe é boa, podendo pescar dourado, tucunaré, cachara, pintado, matrinxã, entre outros.
O pesqueiro possui um amplo estacionamento e um espaço com brinquedos para as crianças se divertirem.



Parquinho

Assim, o Restaurante & Pesqueiro Santo Antônio é uma ótima opção de lazer para quem busca um lugar descontraído em meio às belezas da natureza.




Restaurante & Pesqueiro Santo Antônio - $$
Av. Alexandre Cazellato, n° 2.000 – Betel
Paulínia – SP
Tel (19) 99151-8260